Malaca Malaca

A guerra é a guerra

No céu e na terra

Nos dentes a faca

Avanço e avanço

A guerra é a guerra

No céu e na terra

Balanço, balanço

 

Malaca Malaca’ … começa o refrão de ‘A Guerra é a Guerra’, de Fausto no disco ‘Por Este Rio Acima’ (1982). O ponto de partida para o disco foi a autobiografia bastante hiperbólica mas também muito filosófica e crítica de Fernão Mendes Pinto, Peregrinação. Pinto foi um navegador e aventureiro português enviado à Malaca na década de 1530. Como a tradutora da sua obra, Rebecca Catz, observa, a visão dele era extremante crítica para sua época, apresentando a missão dos portugueses "de conquistar e converter todos os povos não-cristãos ... como um ideal falso e corrupto”. Justamente por esta análise bem satírica e reflexiva, além da fusão de elementos autobiógrafos e históricos com pura ficção, Pinto recebeu o apelido Fernão, mentes? minto! Todavia, seu lugar na hagiografia marítima portuguesa está firmemente registrado em pedra no Padrão dos Descobrimentos, em Belém.

‘Malaca Malaca,’ begins the chorus of Fuasto’s ‘A Guerra é a Guerra’ from the album "Por Este Rio Acima" (1982.) This album took as its point of departure the hyperbolic, yet highly philosophical and critical, autobiography of Fernão Mendes Pinto titled Peregrinação (Pilgrimage). Pinto was a Portuguese explorer and adventurer who was stationed in Malacca in the 1530’s, and as the translator of his work, Rebecca Catz, notes, his was a highly critical perspective for its time, presenting the Portuguese “mission to conquer and convert all non-Christian peoples … as a false and corrupt ideal”. Specifically, for this highly satirical and reflexive critique, as well as for his general conflation of autobiography and history with fiction, Pinto was rewarded with the nickname Fernão, mentes? minto! (Fernão, are you lying? I am!) Nevertheless, his place within the Portuguese maritime hagiography is set in stone in the Monument to the Discoveries, Belem.

Malacca Malacca
War is war
In heaven and on earth
Knife in teeth
On and on I go
War is war
In heaven and on earth
Swaying on and on

​Guerra é a Guerra is from Fausto's 1982 album Por Este Rio Acima or (Up this River).

English translation by Hugo Moss.

© 2018 by Niranjan Rajah

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now